Presidente da Petrobrás Sergio Gabrielli fala sobre a participação na Braskem


http://www.agenciapetrobrasdenoticias.com.br/

-

Agência Petrobrás de Notícias

22/01/2010

Gabrielli participa de coletiva sobre participação na Braskem

-

O presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, participou na tarde desta sexta-feira (22/01), em São Paulo, de coletiva de imprensa sobre o anúncio do Acordo de Investimentos que tornará a Braskem a maior empresa petroquímica das Américas. Gabrielli estava acompanhado pelo diretor de Abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, o presidente da Braskem, Bernardo Gradin, e o diretor executivo da Odebrecht, Newton de Souza.

A Petrobras e sua subsidiária Petroquisa, em conjunto com Odebrecht, Braskem e Unipar, concluíram o acordo que amplia a participação direta e indireta da Petrobras no capital da Braskem. O Acordo de Investimentos define, dentre outros itens, o aumento de capital da Braskem em R$ 4,5 a R$ 5 bilhões, e aquisição da participação da Unipar na Quattor.

Segundo Gabrielli, o acordo é “um movimento importante na consolidação da petroquímica brasileira. No contexto mundial atual é preciso empresas grandes, com mais integração e capacidade de enfrentar os altos volumes de investimento, a alta competitividade e os ciclos de longo prazo que caracterizam esse setor”.

O presidente da Petrobras lembrou que o negócio se insere na estratégia da Petrobras de ampliar a participação no segmento. “Pretendemos compartilhar decisões, aumentar nossa influência na gestão da Braskem, agregar valor ao nosso portfólio e crescer integrando empresas”, afirmou ele.

Gabrielli ressaltou que a nova empresa visa ser uma das cinco maiores do mundo do setor nos próximos anos e que o negócio segue uma tendência mundial, em que as empresas petroleiras têm aumentado significativamente sua participação e integração no segmento petroquímico.

Petrobras e Odebrecht irão firmar ainda Acordo de Acionistas, que prevê compartilhamento das decisões da Braskem. Pelo acordo, a Odebrecht deterá 50,1% no seu capital votante, enquanto no capital total a diferença entre as participações direta e indireta da Odebrecht e da Petrobras será de 2,33%.

-

http://www.agenciapetrobrasdenoticias.com.br/
About these ads

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.478 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: