O que é o Pré-Sal

<strong><a href=

O “pré-sal” é uma área de reservas petrolíferas encontrada sob uma profunda camada de rocha salina, que forma uma das várias camadas rochosas do subsolo marinho.

As reservas do pré-sal encontradas no litoral do Brasil são as mais profundas em que já foi encontrado petróleo em todo o mundo. Representam também o maior campo petrolífero já encontrado em uma profunda região abaixo das camadas de rochas salinas ou evaporíticas.

Camadas semelhantes de rocha “pré-sal” são encontradas em alguns outros locais do mundo (litoral Atlântico da África, Golfo do México, Mar do Norte e Mar Cáspio). Em algums dessas regiões  foram encontrados “indícios” de petróleo em camadas rochosas pré-sal, como já foi noticiado neste blog. Entretanto, ainda não se sabe ao certo se estas outras áreas subsal possuem grandes reservas petrolíferas como “o pré-sal” no litoral brasileiro.

O termo “pré” de pré-sal refere-se à temporalidade geológica e não à profundidade. Considerando-se a perfuração do poço, a partir da superfície, o petróleo do pré-sal é considerado subsal, pois está abaixo da camada de sal. Entretanto, a classificação destas rochas segue a nomenclatura da Geologia, que se refere à escala temporal em que os diferentes estratos rochosos foram formados. A rocha-reservatório do pré-sal foi formadas antes de uma outra camada de rocha salina, que cobriu aquela área milhões de anos depois, ou seja, mais recentemente na escala de tempo geológica. Portanto, o “pré” do pré-sal refere-se à escala de tempo, ou seja, está em uma camada estratigráfica que é mais antiga do que a camada de rochas salinas.

<strong><a href=

As reservas de petróleo subsal, ou o petróleo da camada pré-sal encontram-se em  diferentes profundidades, variando 2000 a 3000m de lâmina d'agua antes de chegar ao leito marinho. No subsolo do mar, a primeira camada de rochas sedimentares, a camada mais superficial, é chamada de pós-sal, pois está acima das rochas salinas) No pós-sal estão importantes reservas petrolíferas como a Bacia de Campos, que representava a quase totalidade das reservas brasileiras até 2005. Abaixo desta primeira camada de rochas (pós-sal), encontra-se a camada de rochas evaporíticas, rochas salinas ou simplesmente camada de sal. Esta camada varia de algumas centenas de metros até 2km de rochas salinas. Sob a camada de rochas salinas estão as rochas "pré-sal", em que foram identificadas as primeiras reservas gigantescas do pré-sal, os campos de Tupi, Iara e Parque das Baleias.

<strong><a href=

O “pré-sal” é considerado uma grande bacia petrolífera, sem que se saiba exatamente se é um conjunto de enormes campos petrolíferos independentes, mas próximos, ou um único campo petrolífero gigantesco. Avalia-se que tenha entre 70 e 100 bilhões de barris equivalentes de petróleo e gás natural mineral. Os geólogos mais otimistas falam em até 200 bilhões ou 300 de barris caso seja formado por um único campo ou se a sua extensão for ainda maior do que a área já mapeada.

Acredita-se que o pré-sal pode se extender até depois das 200 milhas marítimas da Zona Econômica Exclusiva (ZEE) e o Brasil terá que reivindicar a posse destas águas, hoje consideradas internacionais.

<strong><a href=

Mapa da Petrobrás mostrando a região do Pré-Sal

- <strong><a href=

-

A qualidade do óleo do pré-sal

O petróleo da camada pré-sal é mais leve do que o petróleo encontrado no restante do Brasil, como o petróleo da Bacia de Campos, geralmente considerado petróleo pesado. O petróleo é um tipo de hidrocarboneto fóssil, mais precisamente, uma mistura de várias substâncias em que predominam cadeias de carbono e hidrogênio, mas também aprecem diferentes porcentagens deenxofre e nitrogênio, dependendo da qualidade.

A densidade do petróleo permite classificá-lo em leve, mediano, pesado e ultra-pesado. Esta classificação é baseada nas características físico-químicas do petróleo, considerando a análise da densidade do óleo (grau API) e a viscosidade do óleo (medida em cP ou centipoises). O petróleo do pré-sal tem densidade ou grau API superior a 28° API, sendo que a maior parte do óleo encontrado possui grau API maior que 31°, sendo classificado petróleo leve. A Petrobrás também identificou que este óleo tem baixo teor de substâncias poluentes como enxofre e nitrogênio, normalmente encontrados em grande quantidade no petróleo pesado.

Conforme a clasificação da ANP:

--> Petróleo Leve - densidade igual ou inferior a 0,87 (ou grau API igual ou superior a 31°).

--> Petróleo Mediano - densidade superior a 0,87 e igual ou inferior a 0,92 (ou grau API igual ou superior a 22° e inferior a 31°).

--> Petróleo Pesado - densidade superior a 0,92 e igual ou inferior a 1,00 (ou grau API igual ou superior a 10° e inferior a 22°).

-->  Petróleo Extra-pesado - densidade superior a 1,00 (ou grau API inferior a 10°).

Assim, o petróleo leve, como óleo da camada pré-sal, é estratégico para o Brasil, pois:

(I) é mais fácil de ser refinado, produzindo uma porcentagem maior de derivados finos;

(II) tem menos enxofre, poluindo menos quando é refinado;

(III) portanto, é comercializado por um valor maior no mercado internacional.

-

O valor estratégico do petróleo do Pré-sal

Refinaria PetrobrasSe as reservas petrolíferas forem de 100 bilhões de barris, e o petróleo estiver cotado entre US$ 50,0 ou US$ 100,00, esta riqueza mineral permitirá ao país obter uma renda gigantesca, entre US$ 5 trilhões e US$ 10 trilhões, apenas extraindo óleo cru.

Se o petróleo for refinado, para a produção de outros subprodutos, este valor pode ser multiplicado em várias vezes, impactando diretamente toda a economia nacional.

Combustíveis derivados de petróleo

O processo de refino do petróleo resulta em inúmeros  subprodutos, conhecidos como "derivados de petróleo".  Muitos destes derivados são matéria-prima para as cadeias produtivas do setor químico, incluindo, desde a fabricação de produtos inflamáveis e solventes até produtos duráveis e semi-duráveis, como os "plásticos".

Os subprodutos inflamáveis do petróleo incluem combustíveis como gasolina, diesel, querozene, óleo combustível e solventes, além do GLP - Gás Liquefeito de Petróleo, conhecido no Brasil como "Gás de Cozinha", utilizado diariamente para o cozimento de alimentos por milhões de pessoas em todo o país.

Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) conhecido como "Gás de Cozinha"

Os produtos derivados de petróleo com maior valor agregado nãosão necessariamente os combustíveis, como muitos acreditam, mas sim os outros produtos duráveis e semi-duráveis resultantes do refino de petróleo.

Dentre os produtos químicos destacam-se os fertilizantes como o nitrogênio a base de petróleo e os agrotóxicos, que em sua maioria incluem substâncias derivadas de petróleo.

Refino de petróleo: Torre de fracionamento de petróleo

Ainda no ramo químico, destacam-se, produtos farmacêuticos, detergentes e produtos de limpeza, tintas, solventes, vernizes e materiais sintéticos. Dentre os materiais sintéticos destacam-se produtos como borracha sintética e o grupo dos polímeros, popularmente chamados de "plásticos", dos quais se destacam os policarbonatos, poliuretanos, polipropileno, PVC e PET.

http://img.ibiubi.com.br/%2Fprodutos%2F9%2F3%2F6%2F1%2F5%2F9%2F1%2Fimg%2F01_estrela-carro-vai-e-volta-decada-de-80_grande.jpg

Brinquedo fabricado de plástico derivado de petróleo

Estes materiais permitem produzir uma infinidade de produtos finais, como roupas, calçados e tecidos sintéticos, Cd´s, garrafas recipientes, coberturas translúcidas resistentes, revestimentos externos de eletrodomésticos, componentes de interiores de automóveis e aviões, e até mesmo uma grande variedade de brinquedos.

Os combustíveis derivados de petróleo e o gás natural representam pouco mais de 60% de toda a energia consumida no mundo e a exploração petrolífera representa diretamente cerca de 10% do PIB mundial.

Roupa de Poliamida

Indiretamente os milhares de subprodutos combustíveis derivados de petróleo sustentam a economia mundial como conhecemos hoje. Devido ao seu enorme peso econômico e geopolítico, o petróleo é considerado o pilar fundamental da civilização industrial estruturada ao longo do século XX, também chamada de “civilização do petróleo”.

-

Petróleo no Brasil e a Petrobrás

No Brasil a Petrobrás é a maior empresa do país, situando-se entre as 10 maiores do mundo. A empresa, criada em 1953 pelo então Presidente Getúlio Vargas, tem uma longa história de investimentos em tecnologia para procura e exploração de poços petrolíferos.

Movimento: "O petroleo é nosso!" nos anos 1940 e início dos 1950 levou à criação da Petrobrás, por Getúlio Vargas, em 1953

A Petrobrás começou a explorar petróleo no mar nos anos 1960, mas só passou a priorizar a produção marítima depois da crise petrolífera de 1973. Ao longo de décadas de investimentos governamentais, associado ao trabalho e engenhosidade de milhares de brasileiros, a Petrobrás atingiu no fim dos anos 1980 a capacidade de produção de quase 80% do petróleo consumido no país.

<strong><a href=

Anos 1970 : com o início da produção no Campo de Enchova, na Bacia de Campos, começava a trajetória da Petrobrás que levaria o Brasil a produzir 80% do petróleo que consomia, no fim dos anos 1980

Apesar da crise pela qual passou a empresa nos anos 1990, quando esta quase foi privatizada, a Petrobrás se recuperou e voltou a crescer nos anos 2000, permitindo ao Brasil atingir a auto-suficiência em petróleo. A Petrobrás tornou-se a maior empresa do Brasil e do hemisfério sul, situando-se entre as grandes empresas do mundo.

<strong><a href=

Neste contexto, a descoberta do pré-sal levou a uma grande mobilização social e política em todo o Brasil, em defesa da revisão da legislação que ainda hoje regula o setor petrolífero e a extração de petróleo no Brasil. Tornou-se  central na agenda política nacional a atualização do marco regulatório e a substituição da atual Lei do Petróleo, por outra melhor, que assegure a Soberania brasileira sobre o pré-sal.

O novo marco regulatório, ou "Nova Lei do Petróleo", está sendo debatida em todo o país, e os novos projetos de Lei estão tramitando  no Congresso Nacional, onde a Câmara dos Deputados já aprovou as novas leis e o Senado Federal pretende votar os detalhes da nova Lei ainda este ano.

A garantia da Soberania e da Cidadania no futuro do Brasil, em grande medida, dependem dos rumos deste debate e da mobilização popular no Brasil do presente.

PETROBRÁS   -  BRASIL

-

Conhecendo o Pré-Sal

Vídeo produzido pela Petrobrás
5 de agosto de 2009

-

-

Entenda o pré-sal

Vídeo da TV Brasil - Empresa Brasileira de Comunicação (EBC)
http://www.agenciabrasil.gov.br/media/videos/2008/09/03/pre-sal.flv/view

-

Vídeo Pré-Sal no Programa Multiponto da TVUfrgs

<strong><a href=

http://diariodopresal.wordpress.com/2009/12/17/o-pre-sal-no-programa-multiponto-da-ufrgstv/

PETROBRAS - Sócios da Petrobras no Pre-Sal - 01-09-2009

-

Petrobras: O que é o Pré-Sal em 10 perguntas e respostas

logo petrobras

-


-


AJURIS: "E o Pré-Sal é Nosso?"

Associação dos Juízes do RS - AJURIS

Cartilha AJURIS  -  "E o Pré-Sal é Nosso?"

Arquivo em PDF: AJURIS_2009_E o pre sal é nosso..._cartilha.pdf
-

-

Comitê Gaucho de Defesa do Pré-Sal:

Informativo da campanha "O Pré Sal é Nosso" n.1

Comitê Gaúcho em Defesa do Pré-Sal - Informativo n.1(informativo n. 1)

Arquivo em PDF:

ComiteGauchoDefesaPreSal_2009_O presal é nosso_informativo n1.pdf

-

-

Comitê Gaucho de Defesa do Pré-Sal:

Informativo da campanha "O Pré Sal é Nosso" n.2

Comite Gaucho em defesa do Pre-Sal - Informativo n2(informativo n. 2)

Arquivo em PDF:

ComiteGauchoDefesaPreSal_2009_O presal é nosso_informativo n2.pdf

-

-

Comitê Gaúcho em Defesa do Pré-Sal

Informativo da campanha "O Pré Sal é Nosso" n.3

(informativo n. 2)

Arquivo em PDF:

ComiteGauchoDefesaPreSal_2009_O presal é nosso_informativo n3.pdf

-

-

Fernando Siqueira: "O Pré-Sal é Nosso"

Livro editado pela CGTB.

Fernando Siqueira - CGTB - O Pré-Sal é nossoDisponível em PDF: http://www.cgtb.org.br/Revistas/livroPreSal.pdf
-
-
-

Assista ao vídeo-documentário:

"O Petróleo tem que ser nosso - A Última Fronteira"

O PETRÓLEO TEM QUE SER NOSSO - A ULTIMA FRONTEIRA(em 7 partes)

-

-

-


PETROBRAS - Pre-sal - ilustracao1

Petróleo subsal


http://www.youtube.com/watch?v=cBnhzD6QSgA&feature=related


-


Petrobras: Uma nova era de energia


http://www.youtube.com/watch?v=W_Mp0Bh76Fs&feature=related


-

PRÉ-SAL 2009

Propaganda da Petrobrás, início da exploração do pré-sal em Tupi, 01/05/2009

-

Pré-Sal : O Inicio de tudo

-

Inauguração do Pré Sal no Campo de Tupi

01/05/2009

-


Coletiva de Imprensa

Petróleo Brasileiro - Petrobrás (22/11/2007)


http://www.youtube.com/watch?v=FgxECcgzZXI

- 

-

Como é encontrado o petróleo?

Como é encontrado petróleo? Como é feita a exploração petrolífera? Como o petróleo é extraído do fundo do mar?

http://diariodopresal.wordpress.com/2007/11/22/como-se-acha-o-petroleo/


PARA VER MAIS SOBRE EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO (E&P) DE PETRÓLEO ACESSE:

---   EXPLORAÇÃO & PRODUÇÃO   ---

---   DE  PETRÓLEO  &  GÁS   ---

- 

 -

EVENTOS RELACIONADOS AO PRÉ-SAL:

---    EVENTOS    ---


<strong><a href=

9 respostas para O que é o Pré-Sal

  1. [...] volume impressionante de petróleo do pré-sal, equivalente a um Iraque, foi destacado por Fernando Siqueira como “único no mundo”. [...]

  2. [...] descoberta de gigantescas reservas de petróleo na camada pré-sal do litoral brasileiro, simplesmente pode atrair a cobiça internacional sobre as riquezas [...]

  3. [...] O que é o Pré-Sal [...]

  4. [...] descoberta de gigantescas reservas de petróleo na camada pré-sal do litoral brasileiro, simplesmente pode atrair a cobiça internacional sobre as riquezas [...]

  5. [...] O que é o Pré-Sal [...]
    http://diariodopresal.wordpress.com/o-que-e-o-pre-sal/

  6. [...] descoberta de gigantescas reservas de petróleo na camada pré-sal do litoral brasileiro, simplesmente pode atrair a cobiça internacional sobre as riquezas [...]

  7. [...] descoberta de gigantescas reservas de petróleo na camada pré-sal do litoral brasileiro, simplesmente pode atrair a cobiça internacional sobre as riquezas [...]

  8. [...] A descoberta de gigantescas reservas de petróleo na camada pré-sal do litoral brasileiro, simplesmente pode atrair a cobiça internacional sobre as riquezas brasileiras em uma escala como nunca se viu antes [...]

  9. [...] descoberta de gigantescas reservas de petróleo na camada pré-sal do litoral brasileiro, simplesmente pode atrair a cobiça internacional sobre as riquezas [...]

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 1.475 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: