Governo boliviano pagou primeira parcela da compra das refinarias da Petrobras

16 de junho de 2007

Governo boliviano pagou primeira parcela da compra das refinarias da Petrobras

http://www.agenciabrasil.gov.br/media/videos/2007/06/16/RefinariasEditado.flv/view


Governo boliviano pagou primeira parcela da compra das refinarias da Petrobras


Globo: Petrobras acha óleo leve no Pré-Sal da Bacia de Campos

8 de junho de 2007

 http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,AA1559901-5601,00.html

GLOBO

08/06/2007

“Petrobras acha óleo leve no Pré-Sal da Bacia de Campos”

Por Denise Luna

RIO DE JANEIRO (Reuters) – A Petrobras informou nesta sexta-feira que descobriu petróleo leve na seção pré-sal da bacia de Campos, no mar do Espírito Santo, uma região ainda pouco explorada pela estatal.

“Testes indicaram uma produção de cerca de 1.250 barris por dia”, afirmou a empresa em um comunicado, ressaltando que a estimativa é de grau API –que mede a qualidade do óleo– em torno dos 29 graus.

Pelo padrão internacional, quanto mais perto de 50 graus API maior é a qualidade do óleo. No Brasil, a maioria do petróleo produzido é pesado, variando entre 18 e 22 graus API. O óleo Brent, que baliza o mercado, gira em torno dos 32 graus API.

O poço (4-ESS-175-ES) está situado no antigo bloco BC-60, cerca de 125 quilômetros ao Sul de Vitória, em águas onde a profundidade é de 1.270 metros. A descoberta foi constatada durante os trabalhos desenvolvidos no Plano de Avaliação de Descoberta do poço 1-ESS-121-ESS, cuja comercialidade foi declarada em dezembro de 2006.

A Petrobras passou a pesquisar a existência de petróleo em áreas abaixo da camada de sal no ano passado, tendo anunciado em outubro descoberta de óleo leve nessa nova fronteira na bacia de Santos.

A camada de sal fica geralmente acima da rocha formadora de petróleo, que por causa da pressão abre brechas por onde o óleo escapa, formando as bacias petrolíferas. Por esse motivo, a Petrobras acredita que poderá encontrar novas bacias embaixo da seção pré-sal das bacias já existentes, como já foi informado anteriormente pela estatal.

O poço perfurado integra o campo de Pirambu, que já havia sido descoberto reservatórios menos profundos e pertence integralmente à estatal.

“Estudos adicionais deverão ser efetuados para melhor avaliar as reservas disponíveis neste novo campo”, segundo a companhia.

 http://g1.globo.com/Noticias/Politica/0,,AA1559901-5601,00.html

%d blogueiros gostam disto: